Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Princípios
 Características Físicas
 Temperatura da Água
 Oxigénio Dissolvido
 Variáveis Convencionais
 Características Químicas
 Nutrientes e Eutrofização
 Nitratos na Água Subterrânea
 Metais
 Características Biológicas
 Características Qualitativas
 Impactos Humanos na Qualidade da Água
 Adequação ao Uso
Ecologia e Biodiversidade
Resumos das Sub-Bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Princípios da Qualidade da Água  

Os usos mais importantes da água por parte do homem são para beber, para cozer alimentos e para a limpeza. Para satisfazer estas necessidades, a qualidade da água disponível não deve constituir nenhum risco para a saúde humana. A qualidade da água também afecta as condições dos ecossistemas, dos quais todos os organismos vivos dependem (UNESCO 2005).

Para além do uso da água para beber, cozer e para a higiene, as pessoas utilizam os corpos de água para depositar desperdício doméstico, industrial e agrícola. Estas actividades degradam a qualidade da água e podem causar graves impactos ambientais, muito difíceis de mitigar mesmo com tratamento.

Manter a qualidade da água é essencial para as comunidades, em toda a extensão da bacia hidrográfica do Kunene e necessário para que sejam alcançados os Objectivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). A protecção da qualidade da água no sistema fluvial contribui directa ou indirectamente para a satisfação dos quatro seguintes objectivos:

  • Erradicar a pobreza extrema e a fome: reduzir para a metade, entre 1990 e 2015, a proporção de pessoas que sofrem de fome.
  • Reduzir a mortalidade infantil: reduzir para dois terços, entre 1990 e 2015, o índice de mortalidade abaixo dos cinco anos.
  • Combater a doença, incluindo o VIH/AIDS, o paludismo e as doenças de origem hídrica.
  • Assegurar a sustentabilidade ambiental: reduzir para a metade, até 2015, a proporção de pessoas sem acesso sustentável à água potável e ao saneamento básico.

Os três factores básicos que afectam o ambiente de água potável na África Austral, em todas os Estados da bacia, são as seguintes:

  • Condições geográficas e climáticas – Condições climáticas e geográficas afectam a qualidade da água em diferentes formas, mas por via de regra quanto mais condicionados forem os recursos hídricos do ponto de vista geográfico e climático, maior é a pressão relativa em relação à qualidade da água.
  • Desenvolvimento – Todas as etapas do desenvolvimento têm impacto potencial na qualidade da água, mas na medida em que as nações se industrializam, a poluição transforma-se num problema cada vez maior. Além disso, quando actividades socioeconómicas condicionam o uso e a gestão da água, a qualidade da água geralmente sofre.
  • Política de recursos hídricos – As políticas são instrumentos importantes que as autoridades podem utilizar para proteger e gerir os recursos hídricos.

Fonte: Adaptação de Walmsley et al. 1999

A monitorização e análise da qualidade da água representam um empreendimento múltiplo e complexo que será melhor compreendido se as características da qualidade da água forem divididas em quatro grupos:

As características acima são descritas com mais detalhe nas secções seguintes.

Monitoramento da qualidade de água no rio Klip, na África do Sul.
Fonte: Mac 2008
( clique para ampliar )

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular na Terra


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema A Bacia do Rio